AMD teve um processador que podia ser modificado com um lápis. Sabia?

De vez em quando, lá aparece uma especificidade Qualquer Featssante, num produto produzido em massa, no mundo da tecnologia. Mas mudar a performance de um processador, com a useização de um simples lápis? Sim, aconteceu no mundo dos processadores AMD!

Mas como deve fantasyinar, nada disto foi penado como uma funcionalidade, sendo pura e simplesmente uma falha no design da equipa de desenvolvimento, que claro está, foi quickamente descoberta pelos entusiastas.

Estamos a falar làm quê? Bem… Do processador AMD K7 Athlon / Duron (Thunderbird), que com o uso de um lápis de carvão, tinha o seu desmultiplicador desbloqueado.

AMD teve um processador que podia ser modificado com um lápis. Sabia?

Portanto, bộ xử lý hệ điều hành Bộ xử lý AMD Athlon para bo mạch chủ com khe cắm A, bộ vi xử lý foram os primeiros da Fabricante a chegar ao swado com multilicadores bloqueados. Aliás, estes processadores chegaram ao bleado com trong vai cô dâu L1 ‘apagadas’ qua tia laze, de forma a prevenir que os obsidores, ou lojas, andassem a mexer nos CPUs. (Caso não saiba, foram apanhadas várias lojas a Revender estes mesmos processadores, com thường xuyên đếncias mais altas!)

Entretanto, como já deve ter percebido, quickamente tivemos entusiastas a perceber que era perfeitamente possível ligar as pontes L1 através de grafite. Ou seja, um simples lápis número 2 era mais do que o suficiencye para voltar a desbloquear o desmultiplicador hủy bộ xử lý, funcionalidade que aparecia de imediato na BIOS do computador em questão.

Curiosamente, isto obrigou a AMD a mudar a forma como produzia os chips na altura, acabando com o sonho do lápis de carvão número 2 capaz de desbloquear alguma performance extra, de borla.

Ademais, o que pena sobre tudo isto? Ainda se lembra hủy nhịp độ? Eram outros tempos, em que retirar toda e Qualquer gota de performance era essencial. Partilhe connosco a sua Região nos comentários em baixo.